ALEKRINAÇÃO

Just another WordPress.com weblog

Eu to virando mestre!

Antes de qualquer comentário sobre o título, queria falar sobre umas coisinhas sobre o meu caso de “ainda operado”:

Duas adolescentes riram de mim ao verem um adesivo de Bob Esponja  e olharem na minha cara.

Estava escutanto meu mp3 na boa, quando abro a boca para acompanhar Luciana Melo, um rapaz olha para a minha boca, não se aguenta e começa a rir.

A minha professora olhou para mim e disse: “Você não está feio, só deve entender que tudo passa”.

Mas eu sou feliz e por isso estou aqui. E na verdade eu to virando mestre… Mestre do Ócio!!!! Acontece que além de trabalhar e ir para aula eu não estou fazendo mais nada! Mais Nada! MAIS NADA!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! Para não dizer que estou mentindo, toquei com a banda “Vitrola de Mp3” e foi muito legal! Bem jóia. Mas de resto… só faço jogar video-game e engordar.

Eu vou ganhar a faixa preta do ócio e vou para Pequim disputar a medalha de ouro na prova 50minutos sem fazer nada… ou coisa parecida.

Um grande Abraço

Um mil demente: Alekrin!

Anúncios

agosto 20, 2008 Posted by | Uncategorized | Deixe um comentário

A primeira semana de um operado…

Cara, eu tinha esquecido como é bom trabalhar. Nossa! Como é bom trabalhar, dar aula, ver gente, rever gente. Muito bom mesmo. mas nem tudo são flores.

Claro que não é normal os alunos terem um professor cuja boca aparenta não ter um dente. Eu já escutei muitas gracinhas, muitas mesmo, coisa do tipo: “Você está parecendo Zé Lezin” ou então “EU sonhei que você estava vestido de Chico Bento”, mas a pior gracinha que escutei foi: “O seu fio dental é uma corda de rapel?” e fiquei muito chateado quando um aluno tentou depositar uma moeda de 5 centavos no espaço entre os meus dentes.  Foi bem traumatizante, mas eu sou muito feliz e dei a volta por cima. Até tentaram tirar uma brincadeira sem graça e falaram pra mim: “Meu dente é colado! Meu dente é colado!”. Diz aê… ninguém merece.

TIrando isso está tudo bem. Muito bem por sinal.

Um grande abraço

agosto 7, 2008 Posted by | Uncategorized | 1 Comentário